Artigos​

Comunicação em projetos

 

 

A boa comunicação é fundamental em qualquer situação da nossa vida, não falo apenas da comunicação verbal, tampouco somente a direcionada aos projetos, reuniões, mas também a comunicação familiar, a comunicação nos relacionamentos, e sobre tudo da importância de saber passar uma mensagem ao outro, o receptor, que deseja receber uma mensagem “limpa” e de fácil decodificação.

 

Lembram daquela brincadeira de criança, onde uma começava falando uma frase no ouvido da outra, e esse ia passando a mensagem para todos os demais do grupo, o “telefone sem fio”? A mensagem é passada de pessoa a pessoa e o último a recebê-la deveria dizer em voz alta a mensagem recebida. E o resultado? Bem, esse era sempre um desastre.

Por que e como replanejar? 3 Passos para replanejar a sua empresa

Nos dias atuais, não vale mais o ditado: “Em time que está ganhando não se mexe.” Isso ocorre principalmente nas organizações, pois uma organização que está ganhando não permanece assim por muito tempo se “ficar parada”. O sentido da expressão “ficar parada”, quer dizer neste contexto, o fato de não promover ações que venham a melhorar a sua qualidade, sua produtividade e sua posição estratégica no mercado. Falo mais, “ficar parado” na vida, também refletirá na organização...
 

Para entendermos de forma mais suave o que é uma organização, também podemos pensar na nossa própria vida, que não deixa de ser replanejada sempre que necessário, por exemplo, quando estamos com dificuldades financeiras, muitas vezes é necessário uma revisão no orçamento familiar, corte de despesas, como faxina, lazer e etc. 

Como administrar a "massa" na cadeia jurídica
 

Já ouviram falar em contencioso de massa? Para nós engenheiros não é um termo comum, mas para os escritórios de advocacia, já é um jargão mais que comum principalmente para os escritórios onde o core business é cuidar e solucionar causas pequenas demandadas contra grandes empresas. Nesse modelo de negócio, os advogados dos escritórios cuidam de muitos processos, muitos mesmo, dezenas de milhares, acionados contra as empresas, principalmente na área de direito do consumidor.

 

Esse grande volume de processos, chamado de “massa”, abriu portas para que profissionais de outras áreas, não jurídicas, conduzissem a administração e controlassem a produção dessa cadeia.

Aplicação da Gestão de Processos no Poder Judiciário
 

Um dos principais anseios da sociedade em relação ao Poder Judiciário é a celeridade dos julgamentos. E diante da modernização do poder judiciário, a celeridade é um dos principais objetivos a serem alcançados.

 

Por essas razões que se abraçam, justifica-se a busca de ferramentas eficazes para auxiliar na melhora contínua da produção de resultados.

 

A gestão dos processos é uma excelente ferramenta para promover a melhoria contínua dos processos de trabalho e atingir a celeridade almejada.

Comunicação Improdutiva

 

 

A Revista Exame publicou uma matéria na edição do último dia 18/07/2014, destacando a perda de produtividade pelo fluxo excessivo de emails. Segundo a matéria, "após a implantação do programa "Zero Email", a empresa de TI, Atos, passou a resolver os problemas de clientes 30% mais rápido e conseguiu reduzir em 8% os custos com telefonia e em 15% o número de viagens.”

 

Há cerca de um mês atrás, gravei um vídeo no qual abordei o tema sobre a improdutividade gerada pelo fluxo excessivo de emails. Nesse vídeo eu dou dicas de como podemos evitar a perda de produtivdade e a consequentemente perda de dinheiro.

 

Nem sempre a melhor saída para redução de custos é "cortar" pessoas!

 

 

Qual o nível de segurança que o "corte" de pessoas pode trazer para uma empresa, sem a análise prévia dos processos envolvidos?

 

Muita gente associa a Reengenharia à redução de custos, que por sua vez está “relacionada” à redução de pessoas. Porém, a redução de pessoas, sem análise dos processos e de demanda de trabalho, leva à queda na qualidade dos serviços.

 

Ou seja, o “corte” de pessoas sem nenhuma análise prévia dos processos que envolvem as funções desses colaboradores, dentro da cadeia produtiva, ao invés de reduzir, irá aumentar os custos!

 

Home Office é a melhor prática para redução de custos das empresas?

 

 

E você também tem dúvida com relação a implantação dessa prática?

 

Saiba quais são os itens fundamentais que devem ser analisados antes de qualquer ação relacionadaa implantação do trabalho home office.

 

Descubra ainda os pontos fortes e fracos dessa operação.

 

4 motivos para seu escritótio usar Indicadores

 

 

Por que é tão importante medir?

 

Pode parecer clichê, mas “não se gerencia o que não se mede”. Esta frase do célebre consultor americano Edwards Deming reflete a pura realidade.

 

O que já é muito comum para grandes empresas, ainda é escasso para outras, como os escritórios de advocacia.

 

Leia mais e saiba quais são os 4 motivos que revelam a importância de se adotar a mediação por indicadores .

 

O segredo dos melhores softwares jurídicos

 

 

A tecnologia x estatística de dados

 

Atualmente muito se fala em em tecnologia e estatística aplicadas à área jurídica. Fato é que, com o avanço da tecnologia, caminha-se para uma necessidade a análise de dados que propiciem ao gestor de empresa a tomada de decisões estratégicas para minimizar as dores provocadas por processos jurídicos contra seus produtos e serviços.

 

Leia mais e saiba qual o segredo dos melhores softwares jurídicos.

 

Gestão Jurídica - 4 maneiras para potencializar a produtividade do seu escritório

 

Sabe-se que a constante preocupação com a produtividade não é nenhuma novidade dentro das grandes empresas. Nenhuma corporação que almeja ganhar mais espaço no mercado esquece de explorar esse fator competitivo.

Quando falamos de produtividade no ambiente dos escritórios de advocacia, nem sempre as regras que se aplicam às empresas cabem no cotidiano da gestão dos escritórios.

Leia mais e saiba como melhorar a produtividade do seu escritório.

 

o-que-tecnologia-tem-a-ver-com-acesso-a-
Por uma mudança de paradigma nos tribunais

O Brasil já contabiliza mais de um smartphone ativo por habitante. O número inclui smartphones, mas também notebooks e tablets. Tudo isso para dar vazão à paixão do brasileiro pela internet, que passa em média 9 horas por dia conectados à rede. Serviços totalmente idealizados para o uso online, tais como Uber, Netflix, iFood, Waze, Spotify são um verdadeiro sucesso e já fazem parte do cotidiano de grande parte da população, principalmente dos mais jovens.

Em contrapartida, quando entramos em repartições jurídicas, temos a impressão de termos feito uma viagem ao passado. Em vez de tablets, notebooks e smartphones, nos deparamos com pilhas de papéis sobre a mesa, armários e gaveteiros. Em vez da participação ativa das pessoas, do compartilhamento rápido de informações e ideias via aplicativos, vemos burocracia, centralização e morosidade.

Leia mais.

 

vida-morte-1-690x430.jpg
Empresas na UTI

Se o homem passa mais de 70.000 horas de sua vida trabalhando, no mínimo ele precisaria estar vivendo em um ambiente harmônico, não acham? Mas não é isso que acontece: uma pesquisa do autor do livro *Dying for a Paycheck, Jeffery Pfeffer, constatou que 61% dos empregados disseram ter ficado doentes por estresse no ambiente de trabalho. Essa mesma pesquisa aponta que essas doenças podem causar 120.000 mortes a cada ano.

Isso significa que as pessoas estão morrendo por um salário. Assustador, não?

E sabe o que a maiorias das organizações estão fazendo para combater tudo isso? Nada, a não ser trocar as pessoas. Você acha que isso realmente é a solução?

Leia mais.